Wednesday, August 02, 2006

Temporariamente "fechado"


Já arrumei aqui a "casa", já deixei o calendário com as emissões "Especial Férias" de Agosto (ver em baixo!!), só me resta fechar o estabelecimento por uns tempos com a promessa de voltar em Setembro (no entanto de vez em quando venho cá cuscar, só para ver se não se quebra a regra da participação nula !) !
Até lá !

PAATOS em Portugal


Só para relembrar os mais distraídos !!

Emissão de 30-08-2006 "Clara Crocodilo: Live! "





De Arrigo Barnabé, o Zappa brasileiro, a recriação do seu mítico album Clara Crocodilo (de 1980) com a participação dos membros originais da banda, a que deu o nome de A saga de Clara Crocodilo.
Gravado ao vivo no Teatro Sesc Ipiranga em São Paulo durante os dias 26 e 28 de Fevereiro de 1999.

Uma nova visão do clássico "Clara Crocodilo".


QUARTA DIA 30 de AGOSTO pelas 15 horas, com repetição SÁBADO DIA 2 de SETEMBRO pelas 10 horas e PODCAST disponível 1 hora após a emissão de dia 30.
Sempre na Rádio Zero !

Emissão de 23-08-2006 "Projéctil em entrevista"


Filipe Santos do País Relativo! na RUA, entrevista os Projéctil, onde pontifica o grande Phil Mendrix !

Não deixem de acompanhar as emissões do País Relativo! pois o Filipe irá passar as faixas do album de Projéctil. Oiçam o programa aqui todas as Segundas-feiras das 22 ás 00 horas.

_
QUARTA DIA 23 de AGOSTO pelas 15 horas, com repetição SÁBADO DIA 26 AGOSTO pelas 10 horas e PODCAST disponível 1 hora após a emissão de dia 23.
Para ouvir na melhor rádio, a Rádio Zero !

Emissão de 16-08-2006 "Magma ao vivo"


Concerto dos Magma nos estudios da BBC em 1974.
Para muitos os Magma no seu melhor !

Para quem quiser acompanhar a musica a cantar, aconselho o seguinte link. Se não souberem do que falo, é melhor conhecer primeiro quem são os Magma.

QUARTA DIA 16 de AGOSTO pelas 15 horas na Rádio Zero, com repetição SÁBADO DIA 19 AGOSTO e PODCAST disponível 1 hora após a emissão de dia 16.

Emissão 09-08-2006 "Hoje há conquilhas, amanhã não sabemos"


"Hoje há conquilhas, amanhã não sabemos" é o álbum "perdido" do grupo Banda do Casaco editado em 1977. Perdido por já não existirem os "masters" do album, em parte devido à falência da editora.


O disco, intitulado Hoje há conquilhas, amanhã não sabemos, foi gravado pelo técnico José Fortes, no estúdio da Rádio Triunfo, em 1977 e editado pela Imavox.
Segundo uma entrevista, há uns anos, do próprio Nuno Rodrigues ou de António Pinho, os génios da banda, o master original ter-se-á perdido, depois de uma arrematação, por junto, de um lote de bens pertencentes à falência da firma editora ( a Imavox? Ou a Rádio Triunfo em meados dos 80, cujo espólio passou para a Movieplay? ).Alguém saberá do paradeiro das fitas?


[...]o álbum seguinte da Banda do Casaco inclina-se para a experimentação e o vanguardismo. Hoje Há Conquilhas, Amanhã Não Sabemos (1977), pretendia ser uma sátira à instabilidade económica e à precaridade social do país. Num álbum onde são significativas a entrada para o grupo de António Pinheiro da Silva e as colaborações dos "iniciados" Gabriela Schaaf na voz e Rão Kyao no saxofone tenor, destacaram-se os temas País, Portugal, Geringonça e Acalanto. Este álbum é uma das jóias perdidas da nossa música popular. De facto, o master de Hoje Há Conquilhas, Amanhã Não Sabemos perdeu-se, o que torna impraticável a sua reedição em CD.

Com «Hoje Há Conquilhas, Amanhã Não Sabemos», de 77, fecham um triângulo de obras-primas essenciais. Complexo mas inteligente, o álbum mostrou a face mais radical de Rodrigues e Pinho, indo ao ponto de recorrerem a apuradas orquestrações para cordas. Novamente voltam a revelar mais uma voz feminina, sendo, desta feita, Gabriela Schaaf.


[...]Tó Pinheiro da Silva, hoje reputado técnico de som e, à época, membro do grupo Rock Perspectiva é recrutado como guitarrista e grava com a Banda do Casaco " Hoje Há Conquilhas, Amanhã Não Sabemos", no qual participa ,também, Rão Kyao tocando saxofone.
Este é o disco mais experimental desta fase do grupo. Temas como " País Portugal" ou "Geringonça" fazem deste disco ( hoje uma raridade só acessível a melómanos) um dos melhores de sempre da música portuguesa, numa votação do jornal " Público".


Faixas:
01. Aclanto [5:11] (Nuno Rodrigues/António Pinho)
02. Despique [3:15] (Nuno Rodrigues/António Pinho)
03. País: Portugal [3:20] (Nuno Rodrigues/António Pinho)
04. Alvorada, Tio Lérias [4:54] (tradicional/Nuno Rodrigues)
05. Geringonça [6:00] (Nuno Rodrigues/António Pinho)
06. Dez-Onze-Doze [5:51] (Nuno Rodrigues/António Pinho)
07. Ont'à Noite [4:50] (Nuno Rodrigues/António Pinho)
08. Água de Rosas [2:57] (Nuno Rodrigues)

Músicos:
Nuno Rodrigues - guitarras, stylofone, percussões
António Pinho - canto, percussões
Celso de Carvalho - contrabaixo, violoncelo, stylofone
Armindo Neves - guitarra
Mena Amaro - violino, canto, sinos
Tó Pinheiro da Silva - guitarra, flauta
Miguel Coelho - violino, pífaros
Jorge Paganini - violino
Carlos Amaro - baixo, contrabaixo, percussões, harmónica
+ Necas - bateria
+ Helena Rodrigues - canto
+ Gabriela Schaff - canto, palmas
+ Rão Kyao - sax tenor, palmas
+ Judi Brennan - canto

Para que este marco da música portuguesa não fique perdido no tempo, o Progressivo transmite-o na íntegra.

QUARTA DIA 9 de AGOSTO pelas 15 horas, com repetição SÁBADO DIA 12 AGOSTO pelas 10 horas e PODCAST disponível 1 hora após a emissão de dia 9.
Tudo, claro está, na Rádio Zero !

Emisssão de 02-08-2006 "Echolyn ao vivo"

Concerto dos Echolyn (na íntegra) efectuado dia 21 de Junho do ano 2000 no Theater of Living Arts em Filadélfia, abrindo para os Transatlantic.
Oportunidade de ouvir os Echolyn em acção promovendo o album lançado na altura Cowboys Poems Free.
_
QUARTA DIA 2 de AGOSTO pelas 15 horas, com repetição SÁBADO DIA 5 de AGOSTO pelas 10 horas na Rádio Zero, e PODCAST disponível 1 hora após a emissão de dia 2.

eXTReMe Tracker